Share |

Duque Kate Hama

Duque Kate Hama

Kate HamaDuque Kate Hama é o pseudónimo literário de Bartolomeu Alicerces Neto Hama, que nasceu a 16 de Julho de 1963, no Município do Bailundo, Província do Huambo. Militar de carreira há cerca de 20 anos e, actualmente, com o posto de General, Hama divide o seu tempo entre a escrita, os estudos e as actividades profissionais do ramo militar em que está enquadrado.

A Siamesa - I Aparição, que faz parte de um trilogia, ainda por completar, é a sua obra de estreia.

Trata-se de uma obra que se pode enquadrar facilmente na ficção-científica, dado o facto do autor apresentar, no texto, máquinas e mecanismos que, aliados ao conhecimento cientifico, se prevêem que um dia, na totalidade, poderão ser dominados pelo homem. No enredo construído pelo autor, a Siamesa navega em tramas onde estão presentes viagens interplanetárias e, inclusivamente, a hipótese da existência de outras formas de vida inteligente e mesmo de sociedades noutros mundos.

A siamesaUma obra condimentada e apimentada com termos e dizeres da região centro, e com  vários neologismos vem, apesar do seu carácter de ficção-científica, mostrar o lado moral, social e político da sociedade humana: o questionamento de todo e qualquer tipo de totalitarismo, assim como a incorrecção de se fazer justiça pelas próprias mãos. Trata-se, quer se queira quer não,  de uma obra, que reflecte e foi  influída nas  vivências de Hama no exército da Unita (FALA), onde esteve incorporado e nas vivências tidas na Jamba, antigo bastião do Galo Negro.

 

 

 

 

Recessões criticas e comentários das obras nos seguintes links:

http://blogdangola.blogspot.com/2008/12/livro-do-general-kate-hama-dia-12-de.html